Só para matar..

matar-curiosidade

Matar a Curiosidade, gente.. rs Eu estava olhando meus blogs antigos.. e o que eu sempre falei sobre BDSM continua a mesma coisa.. com um pouco mais de maturidade. Então apresento, meus blogs para que assim, possam ter uma visão um pouco mais ampla a meus respeito.

O meu primeiro blog, foi o Dungeon Miss Tery.. tenho um carinho muito grande por ele.. falava sobre práticas, sobre meus subs, sobre meus pensamentos a respeito do que acontecia naquela época. Era um blog maravilhoso, pq as pessoas comentavam, participavam.. Trocávamos idéias pelos blogs.. Acho que nessa época não tinha o Facebook, que fez com que as pessoas parassem de ler, para ver figurinhas..

mstery-crossdresser-dicas

O  que me motivou a escrever esse post, foi esse post aqui, onde eu escrevo sobre uma sessão com uma CD.. não falo detalhes e nem mostro fotos.. só uma do pescoço dela.. rs.. Essa CD foi responsável por eu começar a gostar de CD.. na verdade eu tinha PAVOR de CD.. eu não entendia e não queria entender, o que um homem pensa, se vestindo de mulher..

Foi ela que, com paciência, foi aos poucos SE mostrando montada e um belo dia disse que não tinha nada para fazer e se eu tb não tinha, ele viria fazer nada aqui em casa, se eu deixasse.. e eu deixei.. veio para se montar e eu me diverti muito com ele e “com ela”..

BDSM e Fetiches para mim, são coisa que tem que me deixar feliz, me fazer rir, me divertir.. lógico que com responsabilidade. Eu agradeço ao B. de Saltos, por tudo que me ensinou.. sinto por ele ter acreditado em pessoas que só tinham o foco de fofocar e se meter na vida dos outros. sinto mesmo.. ele não ter acreditado em mim.. mas.. a vida segue.. Hj não sei dele.. talvez esbarre com ele por ai.. talvez nunca mais o veja.. não sei.. mas não nego que ele/a foi o/a responsável por eu te começado a mudar minha opinião sobre CDs..

O outro blog é mais recente.. é o MistressMadura.. esse me parece mais técnico.. sei lá.. tem algumas coisas lá interessantes e outras q nada tem a ver comigo hoje. Tem fotos e acho que logo de cara tem uma sessão bem sádica, com uma CD.. é uma linha diferente da q eu sigo hj.. mas cada um é cada um.. essa CD era um pouco masoca.. mas não era sincera.. e só queria uma coisa.. ser invertida.. e foi.. Mas, só aquela vez.. eu prefiro quem tem comprometimento com a relação e com quem não mente.

mistress-crossdresser-dicas

Essa é uma curiosidade, de matar.. rs

O ultimo blog, é de uma fase que eu não nego, a fase onde eu aprendi muita coisa, a fase entre os dois blogs acima. Foi quando eu me coloquei no outro lado do chicote. A fase Ariska.. rs.. pois é.. O nick já mostrava que eu não ficaria muito tempo nesse lado.. mas a experiência foi válida..

Houveram muitas críticas, por eu ter mudado de lado, na época..mas eu sempre pensei que para alguém se meter na minha vida, dizendo o que eu tenho que fazer, ela tem que pagar todas as minhas contas e bancar todos os meus caprichos e como não há, além de mim, alguém que faça isso.. as pessoas acabaram por cansar de criticar.. E mais uma vez a vida seguiu.. voltei ao lado do chicote onde me sinto mais confortável, mas não posso negar que a experiência foi bem proveitosa.. me tornei uma Domme melhor, com isso.. e não me envergonho. Aprendi a ver os subs com outros olhos.. e a ser mais exigente..

E tenho um baita orgulho de minha postura, de fazer as coisas e assumir.. enquanto que muita gente critica, mas está fazendo tudo isso escondido(a) e o pior.. achando que ninguém sabe.. rs

ariska-crossdresser-dicas

Se alguém ainda critica, só sinto por essa pessoa.. primeiro porque é uma perda de tempo viver somente para falar mal dos outros.. é um tempo que se perde ao invés de investir em si. Segundo porque, como já disse a opinião das pessoas em relação as minhas decisões, não vão me fazer muda-las. Eu sou o que sou, assumo o que faço/fiz e o meu objetivo é ser feliz. No mais.. a vida passa muito rápido para eu não aproveitar as oportunidades que ela me dá..

Fui..

 

2 thoughts on “Só para matar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *